Compre com desconto na Zona Cerealista!

};?>

 

Ano passado eu fiz um post aqui no Sem Medida sobre coisas bacanas pra comprar sem sair de casa. Entre as dicas estava o site da Zona Cerealista.

Um adendo aos que não conhecem: a Zona Cerealista é o melhor lugar de São Paulo para comprar frutos secos, castanhas, grãos entre outros secos (e molhados).  Mas o lugar fica no Centrão e nem sempre, e nem todos, estamos dispostos a colar lá por um quilo de castanha. Por isso, a genialidade do site.

Voltando, depois desse dia, o pessoal do site me procurou e ofereceu um desconto aos leitores do Sem Medida. Eba! Funciona assim: você informa o código “SEMMEDIDA13” na hora da compra e passa a ter direito a 5% de desconto nas compras, exceto sobre o valor do frete. Pode não parecer muito, mas lá os produtos já são bem mais em conta que nos mercados tradicionais. Dá uma conferida aqui na tabela de comparação de preços. 

 


Post Reportagem: O queridinho bolo de cenoura

};?>

 

Mais uma reportagem que vale compartilhar por aqui. Essa é sobre uma jovem receita que já nasceu clássica: o nosso Bolo de Cenoura. Além de lindo, é gostoso. Dá uma lida abaixo e descubra como ele nasceu. Reprodução de reportagem feita para o IG Comida.

Read the rest of this entry »


Comida Cantada: Feijoada Completa

};?>

 

 

 

 

feijoada_beth_cozinha_de_estar_divulgação

A comida na música, a música na comida. Ninguém deve saber quem veio primeiro. Fato é que,volta e meia, as duas flertam e o resultado é harmonia pura. Pra inaugurar a categoria, vou complementar o post reportagem de ontem sobre feijoada, com o hino mais classudo do planeta, dele, o Chico – dispensa comentários – Buarque: Feijoada Completa.

“Mulher você vai fritar
Um montão de torresmo pra acompanhar
Arroz branco, farofa e a malagueta
A laranja-bahia ou da seleta
Joga o paio, carne seca, toucinho no caldeirão
E vamos botar água no feijão”

 

 

 

Ah! E se você tiver alguma sugestão para o Comida Cantada, mande por email, Facebook, Twitter, comentário. O importante é compartilhar.

 


Post Reportagem: Samba, suor e feijoada

};?>

 

Engana-se quem pensa que a feijoada nasceu na senzala com os escravos que aproveitando os restos de porco desprezados pela casa grande. Conheça um pouco mais sobre a origem de um dos pratos mais famosos do Brasil nessa reportagem que fiz para o IG Comida: Samba, suor e feijoada.

 

  Read the rest of this entry »


2013: Sem receita para ser feliz

};?>

 

Demorei pra começar o ano por aqui e nem vou explicar o porquê. E já saio dizendo: dá licença, que hoje não tem receita. Também não tem promessas, muito menos arrependimentos. Só vontade de compartilhar algo para além de parcos preparos, como os bons agouros que trago com a expectativa de um ano bom. Aliás, o melhor de nossas vidas.

Read the rest of this entry »