Receita: Risoto de Tomate com Manjericão e Queijo

};?>

 

Receita: Risoto de Tomate com Manjericão e Queijo 

Ingredientes (para 4 pessoas):

1 e 1/2 xícara de arroz arbóreo (3o0g)
1 maço de manjericão
4 dentes de alho
2 latas de tomate pelado
1 xícara de queijo minas em cubos ou mussarela de búfala bolinha (daquelas pequenas)
1 cálice de vinho branco seco
2 colheres de sopa de manteiga gelada
Azeite de oliva extra-virgem a gosto
Pimenta-do-reino moída na hora a gosto
Sal a gosto
1 cebola grande picada

Preparo
Comece pelo molho. Refogue metade da cebola no azeite até murchar e dourar. Junte o alho e frite mais um pouco. Coloque o tomate pelado e mexa. Junte metade do manjericão. Aqui ele foi colocado dentro um saco para soltar so o sabor. Mas você pode amarrar com um barbante e retirar na hora de bater ou até bater junto (sem o barbante, claro. hehehe).  Bata no mixer ou no liquidificador e reserve quente.

Vá para o arroz. Refogue o restante da cebola na manteiga até dourar. Junte o arroz e deixe refogar até que os grãos fiquem um pouco transparente com o miolo branco.   Junte o vinho, mexa e deixe secar e evaporar o álcool.

 Aos poucos, concha a concha, junte o molho de tomate. Mexa vigorosamente. Até o ponto desejado. Para servir monte os pratos colocando um pouco de queijo no fundo e cubra com risoto. Se quiser rale um pouco de parmesão sobre tudo e finalize com folhas frescas de manjericão.

 

 

 


Veja todos os passos para um risoto perfeito mais receita de risoto de tomate

};?>

 

Eu sempre vandalizo na rodinha quando solto que não gosto de risoto. Não é 100% verdade. Eu só não amo e se tem qualquer opção eu dificilmente o escolho. E vou explicar o porquê.

“Risoto, do dialeto lombardo-piamontês, significa “sopa enxuta”, cremosa, onde se forma em certo momento, a “onda” que liga os grãos”, descreve o livro Il Riso in Tasca, guia do risoto. A cremosidade se deve ao tipo de arroz usado na preparação, capaz de liberar o amido, sem ficar encharcado. Essa é a grande diferença para os demais e também a essência do risoto: os grãos se juntam, sem grudar.

Read the rest of this entry »


Receita: Meatball Sub, o Sanduíche de Almôndegas do Joey

};?>

 

Eu amo Friends, mas amo mais ainda o Joey. Ele é é descendente de italiano, passional,  bom coração, meio burro, mas esperto e de quebra ama comida. Quando fica puto ou tenso faz litros de molho de tomate para organizar os pensamentos. 

Read the rest of this entry »


Top 5: As melhores coxinhas de São Paulo

};?>

 

Caso alguém que lê esse humilde blog ainda não saiba, eu amo coxinha. Tanto que me atrevo a passar horas na cozinha só para fazer o trabalhoso petisco. Minha coxinha é boa por dois motivos: 1 – eu quem faço. 2 – faço do meu jeito e do meu gosto. Por isso, e só por isso, ela é a melhor coxinha do mundo segundo eu. Não entendo gente que não gosta da própria comida, é tipo sair de casa com uma roupa horrível que você mesmo colocou. Se você não sabe se agradar ao fogão, trate de aprender. Assim como aprendeu a se vestir e escovar os dentes. Olha lá a receita e veja com passo a passo que você vai entender o que estou dizendo.

Read the rest of this entry »


Novas cervejas americanas chegam ao Brasil

};?>

 

A temporada de novas cervejas terá um reforço de peso, que desembarca no Brasil até o fim de julho. São 18 rótulos das cervejarias Speakeasy, Coronado, Ballast Point e Bear Republic, todas da Costa Oeste americana, mais especificamente do estado da Califórnia. “Com 20 anos de mercado, esta é a primeira vez que rompemos a fronteira do Velho Mundo e abrimos espaço para os Estados Unidos no nosso portfólio”, destaca Marcelo Stein, diretor da Bier & Wein, que tem exclusividade para comercializar as gringas por aqui.

A Ballast Point e a Coronado Brewing vêm com cinco estilos cada uma, enquanto a Bear Republic e a Speakeasy serão representadas por quatro rótulos cada. O Sem Medida teve oportunidade de experimentar algumas delas em primeira mão e conta tudinho aqui. Para efeito de comparação (e porque não somos bobas nem nada), escolhemos apenas IPAs. Hoje é a vez da Coronado Islander IPA e da Speakeasy Double Daddy Imperial IPA.

Read the rest of this entry »