Julho tem feijuca da Lara

};?>

Esfriou aqui nos trópicos e esse tempinho tá pedindo, né? Pois é nação feijuquence, vamos mais uma vez nadar de braçada na já tradicional Feijuca da Lara!

Quem estiver na cidade no dia 28/07, vem curtir a nossa Santíssima Trindade (feijão, porco e arroz) em forma de feijoada mais que especial! Aqui usamos ingredientes escolhidos a dedo em fornecedores confiáveis, que fazem da nossa receita única, leve e muito saborosa.

Venha entender porque nossos amigos sempre devoram pelo menos 3 pratos dessa delícia aprimorada por anos por esta merendeira que vos fala.

Especialmente nesta edição contaremos com uma super novidade brasileira. Dessa vez o bar será comandado pela destilaria artesanal brasielira San Basile, que acaba de chegar no mercado com sua linha exclusiva de bebidas alcoólicas naturais!

Eles utilizam métodos ancestrais de produção para chegar em uma alquimia única para bebidas como gin, absinto, bitter, amaro, licores, entre outros. Todas essas maravilhas serão utilizadas em coquetéis especialmente criados para harmonização com a nossa estrela.

Para comer:

– Feijoada maravilhosa para você comer o quanto for capaz (também na versão vegana, informe sua preferência no ato da compra!)
– Arroz branco porque sou dessas
– Farofa com farinha especial do Goiás (só quem já comeu sabe a diferença desse amor)
– Couve em duas versões – uma marinada no limão e outra refoada com alho frito no azeite
– Barriga de porco assada até não poder mais, tanto que nem carece de faca
– Molho de pimenta secreto da Lara
– abóbora cabotian assada na manteiga de alecrim e nuts
– Vinagrete de mini tomates docinhos
– Vinagrete de tomate verde com muito coentro (sim, vai ter coentro)
– Para adoçar, a nossa garbosa cocada de forno com raspinhas da laranja bahia que foi usada para acompanhar  a feijoada

Então garanta seu lugar nesse evento magya do verão. São poucas vagas!

ATENÇÃO! O endereço do evento será enviado por email só para quem adquirir o ingresso. Mas já adianto que será num espaço bastante agradável em São Paulo e de fácil acesso.


RECEITA: Moqueca de Camarão

};?>

Eu avisei que ia rolar um mono tema. Pq q eu sou caipira demais pra conseguir lidar com open mar de camarão. Cresci achando que camarão é a coisa mais chic e gostosa do mundo e sigo crendo nisso.
Então aproveitando o ensejo: eu digo moqueque e vocês dizem o que?

Porque moqueca de camarão é o Brasil que eu quero, busco e admiro. Esse prato raiz, metade indígena, metade África 100% Bahia. E antes que capixabas venha reivindicar seu título, na minha panela de barro também cabe a moqueca deles. Por que moqueca é mais que um patrimônio nacional, é uma entidade, um estado de espírito.
Prova disso é que lá em Belém temos a esplendorosa moqueca paraense. Onde o dendê dá lugar ao nosso ouro líquido da Amazônio, a majestade da acidez, o Tucupi.

Então chega de moquear e vamos a receita.
1 – compre 2kg de camarão rosa. Em SP vá ao Rei do Camarão no Mercadão e peça a Renata descascar e limpar, mas leve consigo cascas e cabeças. Pois, sem caldo não há decência numa moqueca.
2 – Compre tomate maduro ou em lata, alho, pimentões coloridos, coentros, pimenta de cheiro, cebolas, azeite de dendê, leite de coco.
3 – Em uma cadeirão frite a cabeça dos camarões em azeite até ficarem laranja. Quando o fundo começar a pegar, coloque uma taça de vinho branco seco ou rosé. Junte uma parte dos temperos cortados grosseiramente e refogue mais um pouco. Depois cubra com água e coloque talos de salsa, coentro, grãos de pimenta preta, pimenta de cheiro, semente de coentro e outros aromáticos de sua preferência. Deixe ferver, diminua o fogo e deixe por mais uns 15 minutos. Coe e reserve. Pronto, temos o caldo em 1 estrofe.
4 – Numa panela de barro ou uma outra mais grossa comece colocando os vegetais (cebola, pimentões, tomates) em rodela fazendo alterando camadas. Coloque temperos, sal, pimenta, alho, ervas (deixe um pouco delas pro final).
5 – Cubra com caldo e metade do leite de coco e taca-lhe fogo nesse carrinho. Primeiro alto, depois que ferver, baixo.
6 – Quando o caldo engrossar, coloque os camarões temperados com sal e pimenta e deixe cozinhar ate mudarem de cor, 10, 15 min.
7 – Finalize com o resto do leite de coco, o dendê, folhas de coentro e pimenta de cheiro picada.
8 – Sirva com arroz branco e farofa.

 


Writing Companies

};?>

There are many companies that currently offer essay writing services to a wide range of students. Normally, the client base for these companies consists of high school and college students, as well as other researchers. In the business of custom essay writing, there are many factors that are involved. For example, most online companies hire qualified professionals to conduct research on different assignments ordered by clients. a simple online search with the keywords research and essay shows a list of different companies involved in paper writing. In addition to the professional help offered by these essay writing companies, students are guaranteed high quality and original work. Even though there are a few research companies that offer their services in French and Spanish, English essay writing is the most popular. For students and researchers with a backlog of assignments, companies like website offer professional assistance at an affordable fee.

Furthermore, these companies do not compromise on quality and originality since they have strict policies on plagiarism. In cases where a client is not satisfied with the work of a certain writer, the option for reassignment is offered. In addition to that, online writing companies offer free revision for all their clients. College students that choose to have their assignments done by professional and qualified writers enjoy the benefits of having their papers delivered on time and in the specified formats. The different types of papers that are handled by most of the writing companies like custom writings include dissertations, essays, term-papers and research proposals.