Bebidas

Falando sobre cerveja: Bamberg Die Wiesn

Por Larissa Januário em: em: 10 de outubro de 2014
Tags:, ,

*Por Fernando Bastos

2703_bambergoktoberfestRGB_1316097261Como estamos no mês de outubro, nada melhor uma harmonização em homenagem a Oktoberfest, a maior festa popular do mundo.

A cerveja escolhida é do estilo Oktoberfest ou Marzen.

Cerveja: Bamberg Die Wiesn

País: Brasil

Cervejaria: Bamberg

Estilo: Oktoberfest/Marzen

Teor alcoólico: 5,7%

Märzen tem suas origens na Baviera, provavelmente antes do século 16. Na Baviera foi decretado em 1539 que a cerveja só poderia ser fabricada entre os dias de São Miguel ( São Miguel , 29 de setembro ) e São Jorge (23 de Abril ). A razão para isso foi o aumento da exigência de perigo de incêndio durante os meses quentes e secos do verão.

Ao longo dos meses de verão , a cerveja teve que ser armazenados em cavernas ou porões de pedra, às vezes construídos nas encostas de montanhas ou colinas. Esses locais foram escolhidos porque havia uma lagoa próxima . Durante o inverno, quando a lagoa tinha congelado, blocos de gelo seria cortado e colocado na caverna ou adega. Isso foi possível até o mês de março, quando a cerveja era fabricada para ser armazenada lá por meses. A entrada para o porão ou caverna também era protegidos da luz solar através da plantação de castanha- Conker ou árvores na frente dela, que têm folhas grandes.

Alguns desses porões e cavernas ainda estão em uso, principalmente em Franconia, como parte de jardins de cerveja que muitas vezes são ainda à sombra de castanheiros tradicionais.
O Märzen originais foi descrito como “marrom escuro, encorpado e amargo”. Como previsto, a cerveja foi freqüentemente mantida no porão até o final do verão, e as garrafas restantes foram servidas na Oktoberfest.

Foi durante muitos anos a cerveja oficial da Oktoberfest em Munique, Alemanha.

Notas de Degustação – Possui coloração dourada âmbar, como creme duradouro. No aroma e sabor notas de cereais e também herbais vindo do lúpulo.

Harmonização

IMG_3820

Vamos harmonizar por semelhança esta cerveja como o pão de malte. A matéria-prima do pão é o resultado da sobra de grãos usados para fabricação de cerveja caseira. A cerveja com notas de malte harmoniza perfeitamente com o pão, com um sabor extremamente realçado de grãos.

Prosit !!!

 

* Fernando Bastos é Sommelier de Cervejas, Cervejeiro caseiro, pós-graduando em Tecnologia Cervejeira e Presidente da AcervA Goiana – Associação dos Cervejeiros Artesanais de Goiás 2010/2014.

Site: www.falandosobrecerveja.com.br
Instagram: falandosobrecerveja




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *