crystal-1474999

* por Jéssica Marinzeck

Há pouco mais de um mês para as festas de final de ano, eu nem preciso entrar nos pormenores da correria, das listas de compras e tudo aquilo que fazemos todos os anos, principalmente de última hora.

Uma das delícias dessa época com certeza são os doces! E não há dieta que segure. Todo mundo se rende a um docinho aqui e outro ali. Que tal esse ano preparar uma lista de vinhos que também servem de boa companhia para as sobremesas do Natal e do Ano Novo?

Claro que eu não conseguirei aqui abranger todos os tipos de sobremesa e acompanhá-las fielmente a todos os tipos de vinhos doces disponíveis no mercado, mas vou lhe deixar com uma regrinha que talvez seja a mais importante nessa hora: o vinho sempre precisa ser tão ou mais doce que a sobremesa, senão ele ficará amargo.

Isso mesmo, na hora de harmonizar vinho de sobremesa lembre-se que ele precisa brigar de igual para igual com o prato ou mesmo ainda ser mais doce, senão ele tende a sumir e quem sabe se tornar indesejável.

Abaixo você irá encontrar um apanhado de tipos de sobremesas mais comuns e quais vinhos melhor harmonizariam com essas opções. Mas calma! Há muito espaço para brincar e para criação dentro desse escopo e você não precisa ficar com medo de ousar.

– Sobremesas à base de frutas

As famosas tortas de maçã, morango ou mesmo um cheesecake de limão. Essas sobremesas cairão muito bem com vinhos que também possuem essas notas de frutas bem proeminentes. Sendo assim, espumantes à base da uva Moscatel são uma boa pedida, ou quem sabe um Colheita Tardia à base da casta branca Gewurztraminer.

– Sobremesas à base de chocolate

Bom, essa talvez seja a harmonização mais clássica tanto no final do ano ou no ano inteiro. Por isso, nada melhor do que um vinho do Porto ou mesmo algum vinho tinto doce e fortificado à base de Grenache para fazer às vezes nessa combinação.

– Sobremesas à base de creme e baunilha

Pudim de leite, alguns tipos de pavê e até arroz doce podem entrar na lista. Para esse tipo de sobremesa, os vinhos tipo Colheita Tardia também funcionam bem, assim como os deliciosos vinhos botrytisados como por exemplo, o famoso Sautérnes.

Alguns vinhos de sobremesa são tão doces que poderiam eles mesmos serem a própria sobremesa, entre as opções posso citar o famoso Jerez PX, um vinho fortificado espanhol produzido com a uva Pedro Ximenés e que chega a ser intoxicante de tão delicioso. Experimente jogar um pouco de PX em cima de um sorvete de baunilha!

Ainda nessa lista de vinhos que também podem se tornar a própria sobremesa, existe uma jóia produzida na Hungria e que se chama Tokaji, dentro os estilos de Tokaji, existe o Ezsencia que é também uma raridade. Um vinho de alta concentração de açúcar, mas com uma incrível acidez que não o torna enjoativo. Essa opção de vinho também serve para aqueles que gostam de esbanjar um pouco no final de ano.

Bom, espero que tenha gostado das dicas e se você também é uma formiguinha, não perca tempo e garanta a sobremesa para as festas de final de ano! Tchau!

* Jéssica Marinzeck  “Sommelière Certificada pela Court of Master Sommeliers, na Europa e nível 3 na WSET de Londres. Comecei minha experiência com vinhos na Europa e hoje sou Coordenadora de Compras do site Evino. Sou criadora do ‘O Canal do Vinho’ no YouTube e lanço esse ano meu primeiro e-book o ‘Básico do Vinho’.”

Facebook Comments

Nas Categorias: Bebidas, Vinho