Bebidas

Falando sobre Cerveja: Orval

Por Larissa Januário em: em: 13 de fevereiro de 2015
Tags:, ,

 

 

 

i-orval-trappist-family (1)

*Por Fernando Bastos

Cerveja: Orval

País: Bélgica

Cervejaria: Brassirie d’Orval

Estilo: Belgian Specialty Ale

Teor alcoólico: 6,2%

A mais lupulada das Trapistas. Entre a primeira e a segunda fermentação, há um processo de dry-hopping, dando um aroma lupulado e um amargor presente.

Existe uma lenda sobre a fundação da abadia de Orval. Nesta lenda, a viúva Mathilda de Tuscany acidentalmente deixou sua aliança cair em uma fonte. Ela rezou e uma truta apareceu na superfície da fonte com sua aliança na boca. Mathilda exclamou que aquele era realmente um Val d’Or, vale de ouro em francês, daí o nome para a abadia. Em gratidão Mathilda ajudou com recursos na construção do mosteiro. A fonte existe até hoje e a truta com o anel na boca é o elemento principal do rótulo da cerveja.

De coloração amarela quase âmbar, possui espuma e creme generosos. O aroma é predominantemente doce com presença de lúpulos. Além de toques cítricos e de especiarias.

Possui um paladar complexo, com notas de toffe, condimento, acidez, com final amargo, mas com alto drinkability.

hamburguer-suino-com-maionese-de-wasabi-leticia-massula-para-sem-medida

Harmonização

Sanduíche: Hambúrguer de costelinha de porco, maionese de wasabi, cogumelos, cebolas caramelizadas e agrião.

Sua  média carbonatação, amargor e teor alcóolico, cortam a gordura da carne, suaviza a maionese de wasabi e limpa o paladar.

Suas notas adocicadas harmonizam com os cogumelos e e as cebolas caramelizadas.

Uma harmonização complexa mas definitivamente saborosa.

* Fernando Bastos é Sommelier de Cervejas, Cervejeiro caseiro, pós-graduando em Tecnologia Cervejeira e Presidente da AcervA Goiana – Associação dos Cervejeiros Artesanais de Goiás 2010/2014. Instagram: falandosobrecerveja




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *