Lanches e Sanduíches

Burguer com cheddar de verdade e cebola roxa grelhada (ou meu cheddar McMelt)

Por Larissa Januário em: em: 22 de maio de 2014
Tags:

burguer_cheddar_larissa_januario_semmedida9

Em mês de hambúrguer tem que ser assim: uma avalanche de receitas. Depois do Burguer de Steak tartare, quis refazer um clássico da minha adolescência, quando o Cheddar McMelt  abrilhantava meus almoços pós-aula no famigerado restô fast food. Numa época boa de se viver, em que ninguém se quer considerava uma  vida low carb, free glúten, on grains, ou qualquer coisa do gênero.

Aqui eu proponho uma versão valendo daquele que já foi meu sanduíche favorito. Achei  cheddar inglês no Santa Luzia depois de uma longa estiagem desse queijo por aqui. Esse é bem mais próximo do queijo original da vila de Cheddar, em Somerset , a sudoeste da Inglaterra.

Não lembra em quase nada os processados de origem norte-americana que conhecemos. É firme (queijo o tipo duro) e nem sempre tem aquele tom amarelo vivo (depende da alimentação da vaca em certas épocas do ano).  Na maioria das vezes é levemente amarelado, quase cor de creme. É amanteigado, untuoso, amendoado e derrete na boca.  Por isso, empreenda já a sua busca, vale a pena.

Em outro post prometo entrar nos detalhes do queijo. Mas aqui o objetivo é dar a letra do melhor hambúrguer que você fará na sua casa. O segredo mora na carne. Vá até o seu açougue de confiança (o meu é o Feed, tanto que virou parceiro) e peça ao mestre açougueiro que moa  (duas vezes) os seguintes cortes na exata proporção:

– 2 partes de miolo de acém limpo
– 2 partes de peito bovino limpo
– 1 parte de gordura do peito

Essa mistura tem 75% de carne e 25% de gordura. É essa proporção que garantirá a mágica. A beleza do hambúrguer mora na gordura.

burguer_cheddar_larissa_januario_semmedida0

Faça o discos com pelo menos 150g de carne, SEM SAL  (o sal antecipado desidrata a carne). Esse meu tá lindo porque uso aro. Mas vale na mão. Fatie a cebola em rodelas grossas de pelo menos 0,5 cm.

burguer_cheddar_larissa_januario_semmedida1
Aqueça beeem a frigideira antiaderente. Com um fio de azeite para as cebolas. Coloque todo mundo lá. Conte 1,5 minuto para virar a cebola e acrescente o molho inglês.

burguer_cheddar_larissa_januario_semmedida3

A carne você vira depois de 3min para um búrguer rosado, 2 para mal passado e 5 para bem passado.

burguer_cheddar_larissa_januario_semmedida2

Cubra com o queijo e abafe esse caso por mais 3 minutos para rosado, 2 para mal passado e 5 para bem passado.

burguer_cheddar_larissa_januario_semmedida4
Agora entra o sal (a gosto) e depois o queijo. Abafe um pouco a panela. Antes disso, tire as cebolas e reserve.

burguer_cheddar_larissa_januario_semmedida5

Retire o búrguer do fogo e deixe descansar por 3 minutos para rosado, 2 minutos para mal passado e 5 minutos para bem passado. Esse descanso é essencial para que os sucos da carne, atualmente assustados pelo calor, se acomodem entre as fibras e não queimem sua boca.

burguer_cheddar_larissa_januario_semmedida10

Monte essa belezura sobre um duas faces de um pão australiano empilhando as fatias de cebola e seja muito feliz.

burguer_cheddar_larissa_januario_semmedida8




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *