Entradas e Petiscos

Receita de Canapé de linguiça blumenal

Por Larissa Januário em: em: 1 de março de 2012
Tags:,

Acabo de voltar de Goiás com algumas coisas na manga. Mas como não tive tempo de fazer nada porque trabalhar é preciso, fiz um post preguiçoso, com receita “roubada”, mas nem por isso menos digna.

A Linguiça Blumenau é típica do Sul do Brasil. Uma herança dos imigrantes alemães. Mas quem me apresentou a iguaria foi uma amiga mineira, do Triângulo, quase minha conterrânea. A Ana sabe comer, come bem e o melhor de tudo, é naturalmente magra. Daquele tipo de gente abençoada que dá até raiva, sabe? Pois.

Ela me serviu o petisco na casa dela e contou que tinha provado no Bar da Dona Onça, da chef Janaína Rueda. No bar a linguiça é servida em canapés bem ao estilo anos 80. Em forma de patê sobre a torradinha, finalizada com uma rodela de picles de pepino.

Diferente da maioria, a Linguiça Blumenau normalmente não é fatiada.  Os alemães abrem a pele e tiram o recheio que é meio pastoso, dependendo do tempo de cura, e usam para passar no pão ou como recheio de sanduíches, massas e até risotos. Muito saborosa,  é feita de carne suína moída bem fina e temperada. Tem aquele sabor marcante que só os embutidos defumados de porco alcançam.

Eu viciei na coisa. Geralmente, encontro no Marcado Municipal de São Paulo umas muito boas, mas ano passado um amigo curitibano, oRodrigoh, trouxe uma original da fonte. Nem preciso dizer que é bem mais saborosa. Tem um tom bem mais avermelhado que as daqui que costumam puxar pro rosa claro. E quando vai curando vai escurecendo para um terra cota e acentuando ainda mais o sabor. Aliás, dá pra manter na geladeira, mas se deixar em temperatura ambiente num lugar seco e longe da luz vai curando e ficando mais firme. Na minha opinião, o melhor jeito de comer é esse da Janaína, descrito a seguir.

Canapé de Linguiça Blumenau

Ingredientes
Linguiça do tipo Blumenau
mostarda dijon com grãos
picles de pepino em conserva
fatias de pão torradinhas (escolha o pão de sua preferência)

Preparo
Faça um corte longitudinal  na linguiça com uma faca ou tesoura, abra ao meio e retire o recheio. Se necessário, use uma colher. Pincele mostarda na torradas coloque uma camada generosa da pasta de linguiça e sobre ela fatias de picles. Pronto. Está feiro o seu canapé.  É ideal para comer tomando uma cerveja weiss alemã.

 

 




2 Comments

  1. Ana disse:

    Esta é uma deliciosa receita !
    Minha família é Alemã, e se mudou para o sul fazem uns 70 anos…
    O nome desta “linguiça de Blumenau” é Schimirrusch (lê-se XIMIRUX).

    Fica bem com limão e chucrute !!!

  2. Larissa Januário disse:

    Oi Ana!!! Obrigada pela info! Vou pesquisar.
    Aqui quase não achei dados sobre, claro q é porque eu não sabia o nome correto.
    hehehehhehe
    Tb adoro e vou provar com limão e chucrute!!!
    Valeu!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *