Nem todo mundo tem um passador de batatas (moulin). E quando tem, padece de uma preguiça ancestral de lavar tal utensílio. Mas nem por isso, você está proibido de fazer um purê de batatas aveludado e lisinho para acompanhar uma carne ou comer puro de colher. Basta ter força de vontade.

É, sem moulin tudo bem, mas sem amor jamais se tem comida boa. Vamos às dicas. 

Tem quem asse envoltas em alumínio, mas eu tava com pressa e decidi cozinhar mesmo. Para já dar sabor à batata coloquei talos de salsa (ou a erva de sua preferência) dentes de alho amassados com casca e tudo e uma pitada generosa de sal (tipo 1 colher de sopa). Deixe cozinhar até ficar bem macia.  O ideal na receita clássica é cozinhar as batatas inteiras, mas eu estava com pressa, lembra?

Escorra e ainda quente amasse com o garfo com casca e tudo. Não precisa amassar super bem. Pode ser grosseiramente.

Em seguida, passe as batatas pela peneira. Isso, aquele utensílio prosaico que você sempre teve em casa.

Depois de peneirada.  Acrescente a manteiga, o sal e a pimenta. Se quiser um purê mais líquido, coloque um pouco de creme de leite ou mesmo leite. Eu prefiro assim, mais firme e com o sabor da batata bem acentuado. Por isso, só uso a manteiga.

 

 

Facebook Comments

Nas Categorias: Acompanhamentos, Receitas