Pratos Principais

Receita: Peixe na Telha

Por Larissa Januário em: em: 31 de agosto de 2011
Tags:,

 

 

Meu Peixe na telha

Para o peixe
1kg da pintado – tem que ser um peixe de couro cortado em postas
3 pimentões médios, um verde, um amarelo e um vermelho
1kg de tomates maduros
3 cebolas
Suco de um limão
4 dentes de alho
Sal a gosto
Pimenta de bode a gosto (ela cheira mais que arde, mas se não gosta exclua)
Cheiro verde a gosto
200 ml de leite de coco (você pode fazer o seu como eu)
Farinha de rosca a gosto

Preparo
Tempere as postas com sal, pimenta e parte do alho picado. Molhe com limão. Em Goiás o indicado é deixar o peixe no molho com temperos por pelo menos, duas horas. A ideia é pré cozer o peixe no limão. Eu tava compressa e deixei só o tempo de fazer o refogado do molho.

Falando em molho. Corte as cebolas em rodelas e refogue em azeite. Acrescente o restante do alho. Coloque a maior parte dos tomates também cortados em rodelas. Deixe formar um molho por uns 20min. Por último,  junte os pimentões também em rodelas (retire as sementes e os veios brancos). Regue com o leite de coco. Eu faço o meu natural. É simples: compre coco fresco ralado não vale de saquinho, bata no liquidificador com água de coco até dizer chega. Coe com um pano de prato limpo. Feito! Temos leite de coco.

Unte a telha com um fio de azeite e disponha as postas temperadas e cubra com o molho. Coloque algumas rodelas de tomate e salpique o cheiro verde e a farinha de rosca por cima. Leve ao forno alto (220º C) por 10 minutos. Sirva com pirão ou com o cuscuz de farinha d’água.

Mais sobre o Peixe na Telha 

Uma pitada de reportagem: Peixe na Telha, um clássico goiano




8 Comments

  1. Greice Munhoz disse:

    Post recheado de historia, diversao e sabor! Posso ate ir ao resto de Sampa, mas eu quero mesmo e a versao do seo Chico ou da filha dele, mesmo que com adaptacoes! Eu que ja comi peixe de agua doce no MS (maravilhoso!!!) e ja pesquei em Sampa (gosto de barro tem esses peixes criados em cativeiro a base de racao ou que passam fome e comem barro mesmo!) assino embaixo de tudo. Agora e me focar em realizar o sonho… hum!

  2. Larissa Januário disse:

    exatamente! O gosto de barro é de peixe de cativeiro, não de rio! E vamos providenciar esse peixe pra vc! bjocas

  3. Vanessa disse:

    Adorei, crusive o nome do papai!!!!!!

  4. Larissa Januário disse:

    éeee, esse é o apelido dele segundo os amigos…hahahaahha

  5. Mário Lombardi disse:

    Olá Boa Tarde!

    Eu precisava de uma informação de onde eu poderia procurar essa telha, seria em fábricas de telha comum ou algum outro lugar específico??
    Aguardo um retorno.
    Obrigado pela sua atenção.

    Mário Lombardi.

  6. Larissa Januário disse:

    Olá Mario,
    depende muito de onde vc mora.
    Lá em Goiás é fácil de encontrar.
    Mas em sp, por exemplo, nunca vi.
    Não dá pra usar telha comum, pq o barro recebe tratamento específico para cozinha.
    Mas se vc aguardar eu vou ter uma loja aqui no site logo mais e vou vender essas coisas.
    Att,
    Larissa

  7. Ana Maria disse:

    Olá Larissa Januário, bom dia! Meu marido adora fazer peixe. Há alguns dias apareceu na cidade onde moro um pessoal vendendo panelas de barro com tampa, por sinal muito bem feita dizendo ser de Goiás. Já tem 1 mês q adquirimos mas não usamos. Gostaria q me mandasse por e-mail o site de vcs prá q a gente tenha mais conhecimento. Desde já ficarei grata e a espera de uma resposta.

  8. Larissa Januário disse:

    Oi Ana Maria,
    td bem?
    Ainda não temos um sistema de envio de conteúdo por email.
    Sugiro que vc curta nossa página no Facebook.
    https://www.facebook.com/semmedida
    Assim vc fica sabendo de todas as novidades do blog.
    Se tiver alguma dúvida é só me mandar no email semmedida@gmail.com que tentarei ajudar.
    Abraços,
    obrigada!
    Larissa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>