maravilha_queijo_canastra_semmedida_larissajanuario14peq

Hoje é dia de Queijo da Canastra no Especial de Queijos Brasieliros que estou fazendo em parceria com a Rachel Bonino, autora do Sacola Brasileira. O mais famoso dos queijos mineiros que venceu as barreiras regionais e ganhou status de iguaria nas mãos dos chefs hypados do país. E toda a fama é justa,  trata-se de um excelente queijo.

Mas é imporatnte ressaltar que esse imigrante pioneiro é  só um dos vários produzidos nas regiões mineiras com tradição de queijaria. São elas: Araxá, Serra do Salitre, Serra da Canastra, Cerrado, Serro, Campo de Vertentes e – a recém-determinada – Triângulo Mineiro.

Eu particularmente, prefiro o Canastra mais curado. Inclusive sou fã dos experimentos do Bruno Cabral, o Mestre Queijeiro (se ainda não conheça, faça uma visita, você não vai se arrepender). O Bruno leva a sério esse negócio de queijo brasileiro. Tem uma  enorme variedade deles lá e ainda matura, banha na cachaça, na cerveja, namora, noiva e casa com os queijos. Lá você encontra a maioria dos representantes da aqueijaria nacional além de novidades como os caprinos, a base de leite de cabra.

002_MG_8876 (1)

Mas voltando ao Canastra mais curado. Gosto para comer puro com café, para ralar sobre a massa e gratinar escondidinho. E gosto também para assar biscoitos no lugar do famigerado parmesão. Os detalhes do queijo, você vê lá no Sacola Brasileira, acá temos a receita.

A Maravilha de Queijo merece um capitulo a parte. Eu conheci essa receita antes de conhecer a sua dona (quem me passou). A Tia Fatinha, mãe querida do meu amigo/irmão Laércio, que junto com Paloma e Fernanda, me apresentaram Belém, suas casas e suas famílias. Coisas que só quem já dividiu casa com não parentes entende.  Todo mundo vira meio irmão, querendo ou não.  As mães se revesam no cuidado com os romates dos filhos e nos adotam e mandam quitutes.

E entre os quitutes da Fatinha vinha farinha fina, maniçoba e maravilhas. De queijo. De tanto eu pedir ela digitou, imprimiu e me mandou em detalhes a receita. “Larissa, minha rosa, é difícil, tem que ficar de olho e virar sempre pra não queimar”. “Pode deixar tia!” E nessa eu demorei anos sem fazer se quer uma vez essa receita.

maravilha_queijo_canastra_semmedida_larissajanuario16peq

E agora, quando estava procurando uma bolachinha para os jantares secreto, algo para deixar um gosto bom de saudade na boca, desenterrei as maravilhas. O papel tava lá intacto, na pastinha de receitas (sim, em pleno 2014 eu cultivo uma pasta de receitas que não consigo jogar fora. Tem até rótulo de lata de leite condensado).

Justo no ano que Fatinha no deixou. ;-(

Desde então, o papel ganhou mais força pra mim. Tá surrado, manchado, como toda receita boa deve ser. Eu já nem sigo. Mudo, estico, encolho, mas sempre abro e deixo do lado. Só para lembrar da mãe querida do meu amigo. Porque gente boa é como receita, deixa saudade e um gosto bom na alma.

Bora fazer Maravilhas!

queijo_canastra_semmedida_larissajanuario

Ingredientes

Massa:
250g de manteiga sem sal
1 xícará de chá de leite
1/2 kg de farinha de trigo
1 colher de sobremesa de fermanto químico
1 colher de sobremesa de sal
1 folha de papel manteiga

Recheio:
150g de queijo da Canastra curado (ou parmesão)
100g de manteiga sem sal

Preparo:

 

maravilha_queijo_canastra_semmedida_larissajanuario

Misture o leite e a manteiga. Depois  misture o fermento e aos poucos acrescente a farinha até dar o ponto, que é quando a massa desgruda da mão.

maravilha_queijo_canastra_semmedida_larissajanuario3

Divida a massa em duas partes iguais. Com a ajuda de um rolo ou uma garrafa abra a massa como um retângulo. Depois enrole no rolo para movê-la para cima da folha de papel manteiga. Desenrole a massa sobre o papel.  Repita a mesma operação para a segunda parte da massa.  maravilha_queijo_canastra_semmedida_larissajanuario4 Para o recheio misture o queijo e a manteiga até virar uma massa uniforme. Coloque esse recheio sobre a  massa aberta. Enrole como um rocambole.

maravilha_queijo_canastra_semmedida_larissajanuario19Envolva o rocambole com a folha de papel manteiga, torcendo bem as pontas. Com cuidado leve ao freezer por uns 30 minutos ou até endurecer. Ela tem que estar bem firme para que se consiga cortar em rodelas. Asse em forno médio (200 graus) até dourar um lado. Vire as bolachinhas e deixe dourar o outro. Elas assam super rápido, por isso cuidado. É coisa de 15minutos de um lado e mais uns 5 do outro.  Sirva com café coado e com amor.  <3

maravilha_queijo_canastra_semmedida_larissajanuario17peq

Facebook Comments

Nas Categorias: Entradas e Petiscos, Receitas