No mesmo dia que fizemos a maravilhosa moqueca sertaneja da Margot aqui em casa, rolou também uma versão sem carne para alimentar ao Felipe, uma grande amigo que não come carne.  Aquele que me ensinou a fazer as legítimas Paellas Valenciana e Vegetariana.

Como sou maluca, deletei da minha cabeça que o amigo não comia carne. No desespero fiz a rapa nos legumes da geladeira (sempre tenho bastante) e sapequei uma moqueca de ovo para o querido. Ficou tão bom que não sobrou. E o que me deixa mais feliz foi que registrei e agora posso reproduzir sempre. Aliás, o Sem Medida nasceu foi com o intuito de ser um registro das minhas invencionices. Viu como funciona? Com vocês minha última macaquice.

Ps.: Prometo que ainda vai rolar ainda a moqueca paraense.

Receita de Moqueca Ovo Vegetariana

Ingredientes (para 4 pessoa)

4 ovos
1 tomate maduro picado
1 cenoura madura picada
1 cebola média/pequena
2 dentes de alho
Cheiro verde a gosto
Pimenta fresca a gosto (eu usei bodinha)
1 xícara de chá de pimentões (eu tinha vermelho/verde/amarelo)
Legumes variados (eu usei brócolis, couve flor, fruta pão, batata)
1 xícara de chá de polpa de tomate
1 xícara de chá de leite de coco
Azeite de oliva para refogar
1 colher de sopa de azeite de dendê

Preparo

Refogue a cebola e o alho até murchar. Junte a cenoura e a batata e deixe uns dois minutos. Acrescente os tomate e deixe dar uma cozinhada (5 min em fogo alto). Junte a fruta pão (pode ser substituída por batata doce ou mandioca, a segunda já deve entrar cozida porque demora). Cubra com a polpa de tomate e deixe ferver.  Coloque os pimentões em cubinhos.

Acrescente a couve flor e o brócolis branqueados (colocados 2 minutos na água fervente e depois na água gelada). Junte o leite de coco, o azeite de dendê e misture.  Quebre os ovos e coloque um por um, com uma boa distância entre eles e deixe cozinhar no calor do caldo. Se quiser que fiquem mais firmes, tampe a panela. Salpique cheiro verde picado e sirva imediatamente com arroz branco e farofinha de santo (farinha de mandioca torrada no azeite de dendê).

 

Cerveja Sugerida: Coruja Strix Extra

Poucas harmonizações são tão complicadas quanto a com ovo. Tanto para o vinho quanto para cervejas.Esse ingrediente exige um pouco de acidez, refrescância que contraponha sua untuosidade sem matar seu sabor. Há quem prefira as Weizenbock. Mas eu que não sou muito desse estilo, achei que caiu bem com uma Munich Helles. A leita foi a Coruja Strix Extra, uma versão pasteurizada da Coruja Extra Viva (que não passa por pasteurização), feita pela cervejaria catarinense Coruja, na cidade de Forquilhinha.

É uma cerveja marcante, com maltes bem presentes e ao mesmo tempo refrescante graças aos lúpulos. Tem um bom equilíbrio com os legumes, o ovo e o molho temperado com dendê e pimenta da nossa moqueca.E não é muito alcoólica (6,5%), o que também contribui para a experiência.

Não é muito fácil de achar. Precisa ser em casas especializadas como o Empório Sagarana, a Cervejoteca e o Empório Alto de Pinheiros. Ou em sites de e-commerce cervejeiros. O preço médio é de Por: R$ 20 (600ml).

 

 

Mais sobre moquecas:

Uma pitada de reportagem: Moqueca, cada um na sua, mas com algo em comum

 

 

Facebook Comments

Nas Categorias: Receitas, Sem carne