Eu sou goiana e vim fazer faculdade em São Paulo muito nova. Tanto, que minha mãe foi comigo até a porta da sala no primeiro dia de aula, só para ver quem é que ia estar lá. E ainda fez o favor de dar tchauzinho da porta. EM SÃO PAULO, na FACULDADE!!!!

Daí que minha mãe é do tipo que deixa os filhos caírem no mundo, mas pra compensar, é também do tipo que reza. Por quem ela ama, por quem ela nem ama tanto, e até por quem ela se quer conhece. Pelos filhos dela então, ela reza MESMO.

E de tanto ela rezar, acho que deus e todos os santos ficam por conta de mim e dos meus irmãos. A gente corre o mundo e, não só nada de mal nos acontece, como sempre tem uma mão amiga para ajudar.

Em todos esses anos longe de casa, sempre tinha uma mãe alheia disposta. Ganhava maçã, sanduíche e convites para aquele almoço de domingo. “Tadinha, a mãe dela tá longe.” Enquanto isso, a Neuza a rezar.

Teve a mãe da Karina, as mães das Jus, a mãe da Jéssica, a mãe da Débora, a mãe da Lory, a mãe da Lílian, a mãe da Greice, a mãe do Beto, a mãe do Ferna, a mãe da Dani, a mãe da Tati, a mãe da Elaine, mãe da Joana, as mães do meu Gustavo e a mãe da Camila. Que me deu minha primeira batedeira (porque a filha dela não quis) e me apresentou essa receita.

Para o dia das mães, quero homenagear essa capacidade das mães de receber, acolher com generosidade. Na esperança de que alguém faça o mesmo pelos seus filhos.  Ser mãe é uma escolha, como jamais fora antes. Por isso, vale agradecer a todas que diante disso escolhem todos os dias o melhor jeito de cumprir esse papel. Muito amor a todas as mães e, principalmente, à minha que continua a rezar.  

Doa-se uma batedeira:

Como eu ganhei uma batedeira semi profissional da minha sogra, quero doar a minha antiga (mas nem tanto, tem uns 3 anos de pouco uso). Eu ganhei da mãe da Camila, como disse lá em cima,  e foi muito útil enquanto esteve comigo. Mas agora ela vai para a primeira pessoa que comentar nesse post. Tem que fazer a energia circular!

 

Receita: Ovos Nevados, Îles Flottantes ou Floating Island

Ovos nevados, îles flottantes ou Floating island. Não são todos exatamente a mesma coisa, mas a base é a mesma: gema, clara em neve  e açúcar. Se liga:

 

Ingredientes

Crème anglaise – Creme inglês (para 6 pessoas)
6 gemas
40g de açúcar para o creme
500 ml de leite
½ fava de baunilha

Merengue
6 claras
1 pitada de sal
40g de açúcar de confeiteiro  para a clara em neve

Quebra-queixo (Caramelo de coco)
xícara de chá de açúcar para o caramelo
xícara de chá de água 
fitas de coco

Preparo

Comece pelo caramelo de coco. Coloque o açúcar e água numa panela e leve ao fogo médio. Não mexa. Deixe até  que vire uma calda cor de guaraná claro. Coloque o coco e dê uma balançada na panela só para que a calda envolva as fitas. Deixe escurecer mais pouco. Ainda quente, faça montinhos de coco em uma superfície forrada com papel manteiga. Deixe descansar até esfriar. Vai virar umas mini balas puxa- puxa. Reserve.

Vamos ao creme. Bata as gemas com o açúcar até virar um creme esbranquiçado.

Prepare a baunilha. Corte a fava pela metade e raspe com a faca para tirar as sementes (isso vale ouro). Se não tiver a fim de gastar com a fava, que é cara (eu paguei 15 reais em duas), use a essência. Claro que não é a mesma coisa, mas vale.

Enquanto o creme bate, aqueça o leite com a baunilha e a casca. Quando começar a levantar fervura, desligue e deixe amornar. Junte o leite morno ao creme de gemas, mexendo sempre para não criar grumos e leve tudo ao fogo baixo para engrossar. Nunca pare de mexer até atingir o ponto napê. Para saber se está no ponto, coloque uma colher de pau na mistura e retire, passe o dedo nas costas da colher formando um caminho. Esse caminho deve persistir sem escorrer. Reserve o creme para esfriar em temperatura ambiante já nos recipientes em que irá servir a sobremesa. Eu montei tacinhas individuais.

Faça o merengue francês. Bata  metade das claras com uma pitada de sal, umas gostas de limão e o açúcar. Quando começar a ficar firme e crescer, coloque o restante das claras e deixe bater até o ponto de picos firmes. Quando você vira, ela não cai. Na sequencia, aqueça um pouco de leite ou água em fogo médio. Com uma colher de sorvete faça bolas de merengue e cozinhe no leite.  Retire as bolas e coloque sobre o creme inglês que já deve estar frio. Leve à geladeira para esfriar. Na hora de servir, finalize com o caramelo de coco.

 

 

 

Facebook Comments

Nas Categorias: Receitas, Sobremesas