Colunistas

Panna Cotta Vegetariana com Amarena

Por Marina Kawata em: em: 12 de janeiro de 2015
Tags:, , , , , , ,

panna_cotta

Panna Cotta é uma sobremesa italiana deliciosa à base de creme de leite e baunilha que leva, na receita tradicional, gelatina incolor. Quando me tornei vegetariana em 2011 parei de comer gelatina (feita à partir de ossos e restos de vacas e porcos ) e, consequentemente, abri mão de muitas sobremesas que adorava. Panna cotta significa creme cozido, e essa sobremesa, assim como a maioria dos pratos italianos, prima pela simplicidade do preparo e pelo uso de poucos e bons ingredientes.  

Para conseguir uma textura interessante para a panna cotta, fiz alguns testes com ágar ágar. Tive um pouco de dificuldade em acertar a quantidade, porque se exagerar no ágar ágar a sobremesa pode ficar muito dura. O agar-agar é um extrato feito à partir de algas marinhas e é muito saudável, além de praticamente sem calorias. Após ser fervido com algum líquido o ágar-ágar se gelifica sem precisar de refrigeração. Chamado de kanten pelos japoneses, é muito utilizado em doces, misturado com feijão azuki ou com algum sabor de fruta. Já falei de Agar-agar aqui no blog.

Para a calda, sabores azedinhos como caldas de frutas combinam muito bem. Da minha viagem à Italia trouxe uma amarena, uma cereja mais ácida com um sabor muito especial. Queria usá-la de todo jeito, então aproveitei para a calda da sobremesa. Talvez não seja muito fácil encontrar amarena por aqui, mas já vi em alguns empórios na Rua Santa Rosa. A outra opção seria preparar sua própria calda de morango, frutas vermelhas, maracujá ou do que preferir, apenas aquecendo as frutas com um pouco de água e açúcar.

Ingredientes:
½ litro de creme de leite fresco
½ litro de leite integral
12g de ágar-ágar
200 ml de água
½ xic de açúcar (se gostar mais doce coloque ¾ xic)
1 fava de baunilha ou 1 colher de sopa de essência
Amarena ou outra fruta vermelha em calda

Modo de fazer:
Com a ajuda de uma faca, abra a baunilha e raspe as sementinhas, colocando tudo, inclusive a fava em uma panela. Adicione o açúcar, o creme de leite e o leite leve ao fogo, misturando de vez em quando com delicadeza para não fazer muita espuma, até quase ferver.

Em uma panela pequena, misture o agar-agar na água e deixe ferver por 3 minutos, mexendo sem parar. Coloque imediatamente na mistura de leite. Se formar grumos, bata com um mixer ou no liquidificador. Passe por uma peneira. Distribua em copinhos quase ate a boca e leve a geladeira por 2 horas. Para servir, cubra cada panna cotta com uma colher de sopa de amarena.

*Marina Kawata é jornalista e especializada em gestão de empresas, mas é na cozinha que encontrou sua paixão. É vegetariana e acredita que a alimentação saudável é a chave para a saúde, desde que a comida seja gostosa!




2 Comments

  1. Kelly disse:

    Olá! Também não como carne e derivados e adorei encontar sua receita de panna cotta sem gelatina. Já quero fazer neste fim de semana! O açúcar que usou foi o refinado? Obrigada!

  2. Marina Kawata disse:

    Oi Kelly, que bom que gostou! Usei açucar refinado pra manter a panna cotta branca, mas se nao tiver problema com isso, pode usar o demerara na mesma quantidade. Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *