sunomono_pepino

*por Marina Kawata

Eu amo comida japonesa. Meu pai é descendente, então cresci comendo pratos típicos orientais. Naqueles tempos, restaurante japonês em SP estava limitado ao bairro da Liberdade e nem se pensava em rodízio e festivais de comida japonesa. Sushi era tipo coxinha, só em festas e eventos, como na ceia de fim de ano ou nas reuniões feitas após as missas budistas, no andar debaixo da igreja. No budismo, quando há um falecimento, é comum que os familiares se reúnam, de tempos em tempos, em sua memória. Pra mim esses encontros mais pareciam festinhas. Encontrávamos tios e primos e lá a gente comia um monte de coisas gostosas. Era comum ter sunomono (salada crocante e agridoce, normalmente de pepino), doce de kanten (gelatina da alga ágar ágar), bancha (chá verde) e sushi.

Ainda hoje, todas essas comidinhas têm um sabor de infância pra mim. A minha favorita é o sunomono e é esta receita que vamos preparar aqui. Sunomono significa “avinagrado” e pode ser feito com diversos alimentos. Esta é a versão mais conhecida, de pepino.

Ingredientes
2 pepinos
1 colher de sopa de sal para desidratar
¼ de pacote de harusame (macarrão de feijão verde)
1 colher de sopa de gergelim preto

Molho
½  xic vinagre de arroz
1 colher de sopa de mirim
1/3 xic de açúcar

Modo de fazer
Lave bem os pepinos e fatie bem fino. Aqui eu usei uma mandolini, mas pode ser feito com uma faca.
Junte o sal e coloque-os em uma peneira para desidratar por 30 min.
Enquanto isso, prepare o molho do sunomono, levando todos os ingredientes ao fogo e mexendo até que o açúcar esteja dissolvido. Espere esfriar.
Ferva água e adicione o macarrão de feijão com o fogo já desligado. Misture por alguns minutos e quando estiver al dente escorra a água.
Quando o pepino estiver desidratado, lave bem e esprema para tirar todo o líquido.
Misture o pepino, o macarrão e o molho e coloque numa vasilha para servir, salpicando o gergelim por cima.

Facebook Comments

Nas Categorias: Blog, Colunistas, Receitas, Saladas, Sem carne