Veja todos os passos para um risoto perfeito mais receita de risoto de tomate

};?>

 

Eu sempre vandalizo na rodinha quando solto que não gosto de risoto. Não é 100% verdade. Eu só não amo e se tem qualquer opção eu dificilmente o escolho. E vou explicar o porquê.

“Risoto, do dialeto lombardo-piamontês, significa “sopa enxuta”, cremosa, onde se forma em certo momento, a “onda” que liga os grãos”, descreve o livro Il Riso in Tasca, guia do risoto. A cremosidade se deve ao tipo de arroz usado na preparação, capaz de liberar o amido, sem ficar encharcado. Essa é a grande diferença para os demais e também a essência do risoto: os grãos se juntam, sem grudar.

Read the rest of this entry »


Receita: Picadinho ao Molho Ferrugem

};?>

 

Filé cortadinho na ponta da faca, com um molho espesso e bem temperado que traz em si o sabor da carne. Tudo isso escoltado por arroz branco soltinho, farofinha, banana frita e  ovo poché. Eis o picadinho. Receita caseira, com cara de amor, que um tempo atrás me rendeu uma pauta na Revista Gula  sobre seu suposto desaparecimento/ressurgimento. Confira aqui um pouco da história desse prato nacional.

Não sumiu, jamais. Ao menos não dos PFs comerciais, dos botecos que se prezam e das casas aconchegantes. Virou foi hype na onda da  valorização das comidas nacionais. E modismos a parte, agradecemos. Quanto mais picadinho melhor.  A seguir minha versão, com direito a molho ferrugem, ovo poché e farofa. E mais em baixo, a origem dessa delícia nacional.

Read the rest of this entry »


Receita de Pesto de rúcula, a melhor companhia para um bife suculento

};?>

 

Esta é uma excelente versão de molho pesto italiano feita com rúcula. Ideal para acompanhar carnes vermelhas grelhas no fogão ou na churrasqueira. Nesse caso em especial, usei pinoli porque fui abençoada e ganhei de presente uma boa porção da famigerada semente. O equivalente a ganhar na loteria. Mas se você não está com a mesma sorte, use amêndoas frescas. Elas darão textura, sem sobrepor o sabor da verdura.

RECEITA

 

Pesto de rúcula, contra filé e batatas assadas

Para o pesto
1 maço de rúcula
1 copo ou mais de azeite extra-virgem
1 dente de alho
2 colheres de sopa de pinoli
Sal a gosto

Para as batatas
4 batatas grandes
Talos de salsinha (ou a erva de sua preferência)
Sal a gosto

Para o bife
1 bife alto de contra filé (2 dedos de altura)
Sal e pimenta do reino a gosto
1 fio de azeite para grelhar

 

 

Preparo

Em um processador ou liquidificador bata a rúcula, o alho e o pinoli e vá colocando o azeite aos poucos até que vire um molho (se possível, coloque o copo do liquidificador ou processador no congelador antes de bater, isso ajuda a não oxidar as folhas e mantê-las verdinhas). Corte as batatas no sentido do comprimento e pré-cozinhe por 10 minutos em água com sal e talos de salsinha (ou qualquer erva de sua preferencia, isso vai ajudar temperar a batata). Escorra as batatas e asse em forno alto até corarem. Acerte o sal e a pimenta na hora de servir.

Para o bife aqueça uma frigideira, coloque um fio de azeite. Quando a panela estiver bem quente coloque a carne. Sele dos dois lados e tempere com sal e pimenta. Para um bife ao ponto, deixe entre 5 e 7 minutos de cada lado. Para bem passado, deixe um pouco mais. Deixe a carne descansar alguns minutos antes de servir acompanhada das batatas e do pesto.