Tecnicas: conheça três formas difernetes de preparar cenoura

};?>

Pode parecer que não, mas eu também sempre como vegetais. E gosto muito.  A cenoura está entre os top five da lista. Crua, cozida, assada, ralada, pura, temperada. Ela aceita tudo, até bolo. Por sinal uma das suas melhores performances.

Toda vez que vou à feira, surto e compro muita cenoura. Além do “na minha mão é mais barato”, a cenoura da feira é mais fresca, doce, crocante e colorida. Vale a pena, porque mesmo comprando muito esse é um vegetal que dura bastante na geladeira e sempre cabe numa refeição. Seja para compor um molho vermelho, e com sua doçura reduzir a acidez do tomate, ou para encorpar um omelete e uma salada. Ela sempre soma.

Veja você que a cenoura, laranjinha assim como conhecemos, é coisa recente. Antes eram raízes brancas, roxas e até negras. Foram os holandeses que desenvolveram no século XVII por cruzamento a cenoura do Pernalonga. Dizem que foi uma homenagem ao rei Guilherme de Orange (laranja) ao fim da guerra de independência com a Espanha. Lenda ou não, hoje temos como mais popular essa cenoura colorida e rica em betacaroteno.

Read the rest of this entry »


Receita: Cenoura assada com tomilho limão (snack saudável)

};?>

 

Receita: Cenoura assada com tomilho limão

Ingredientes
Cenouras
Tomilho limão
Pimenta do reino
Sal
Azeite

Preparo
Corte as cenoura em rodelas de dois a três centímetros. Tente manter tamanhos semelhantes para que elas assem no mesmo espaço de tempo. Coloque numa assadeira, tempere com tomilho limão fresco, pimenta, sal e azeite. Leve ao forno e deixe assar até que fiquem coradas e cozidas porém, firmes. Sirva em saladas, como aperitivo ou acompanhamento de carnes.

 


Receita: Aperitivo de cenoura cítrico fica pronto em 5 minutos

};?>

Receita: Cenoura palito – aperitivo

Ingredientes
Cenouras
Suco de limão ou de laranja
Pimenta-do-reino
Sal
Azeite
Gelo

Preparo
Esse preparo eu aprendi com a minha amiga Aline. Num dia de sol na beira da piscina enquanto aguardávamos o almoço ela me veio com uns palitinhos laranja, geladinhos, crocantes e agridoces. Delícia de petisco pra acompanhar a cervejinha. Corte as cenouras em palitos de uns 10 cm de comprimento e 1cm2 de espessura. Coloque numa tigela com água gelada por uns 10min. Depois retire, tempere com suco de limão (ou de laranja), sal, pimenta-do-reino moída e azeite. Tudo aqui é a gosto. Vá colocando os ingredientes aos poucos e experimentando até que fique do seu gosto.

 


Receita rápida: creme de cenoura fica pronto em 20 minutos

};?>

Receita de Creme de cenoura


Ingredientes (para 2 pessoas)

4 Cenouras
Tomilho limão a gotos
Pimenta-do-reino a gosto
Sal a gosto
Azeite a gosto

Preparo

Sabe a cenoura assada do tópico anterior? Então, pegue ela e passe no processador, mixer ou liquidificador até obter uma pasta. Se quiser que fique menos consistente acrescente um pouco de água. Fica uma delícia para comer pura, como uma sopinha quente. Ou deixe mais firme e coma passando no pão como um patê. Também é maravilhosa para acompanhar carnes como um purê.

 


Receita: Arroz, Feijão e Carne Moída

};?>

Arroz  Branco
Ingredientes

Agua
Arroz
Sal
Alho (opcional)
Cebola (opcional)
Óleo

Preparo
Fazer arroz é quase religião, cada um com a sua, como diria minha amiga Cozinha da Matilde. Se você tem seu jeito, ignore o meu. Eu coloco a água pra ferver em uma chaleira na proporção de 2 para 1 ( duas medidas de água para uma de arroz), normalmente calculando uma xícara de café para cada pessoa . Na verdade eu nunca meço, mas essa receita funciona. Frito o arroz no óleo suficiente para untar os grãos (um fio basta, nada de exagero). Quando o arroz começa a ficar transparente, acrescento a água quente e deixo cozinhar em fogo médio até formar os vulcõezinhos. Quando quase toda a água secar, e o arroz ainda estiver meio al dente, desligue o foco e tampe o arroz. Pronto, ele chegará ao ponto sem empapar. Eu só coloco sal no arroz, mas isso é coisa da minha família. Como em Goiás se faz MUITO calor, quanto mais temperado, menos dura.

Feijão refogado da minha mãe
Ingredientes
Feijão carioquinha (ou preto, depende do seu gosto)
Alho
Pimentinha de bode (opcional)
Pimentinha do reino (opcional)
Óleo
Sal
Folhas de louro

Preparo

Cozinhe o feijão na pressão por 30 minutos com água suficiente para cobrir os grãos em dois ou três dedos. Os grãos devem estar cozidos, mas firmes para aguentar a segunda parte sem desmanchar. Em outra panela coloque uma colher de sopa de óleo, refogue o alho amassado com a pimenta e as folhas de louro. Acrescente os grãos de feijão e  depois um pouco do caldo do cozimento. Deixe ferver para reduzir e encorpar o caldo. Finalize com pitadas de pimenta do reino.

Carne moída rica de doer
Ingredientes

500g de carne moída de patinho (mais magrinha)
alho
cebola
pimentão vermelho
pimenta de bode (opcional)
pimenta do reino
cominho
abobrinha
sal

Preparo
Pique os temperos e legumes em cubinhos pequenos.  Comece fritando a cebola até que ela doure, depois some o pimentão e frite até que amoleça bem. Acrescente o alho amassado com a pimenta e o sal. Depois coloque a carne. Deixe que ela cozinhe até que toda água desapareça e frite um pouquinho. Por ultimo, coloque a abobrinha em cubinhos pequenos e deixe no fogo só por uns 5 minutos.  Acerte os temperos.

Ps.: até hoje eu tenho vontade de cantar parabéns quando como esse prato.

Uma pitada de reportagem: Um pouco mais sobre o arroz, feijão e a carne moída